Intercâmbio Cultural

Windermere Business Center,Orlando - Florida EUA

Monday-Friday : 9:00 AM to 7:00 PMSunday : Closed

Blog

blog1

Viver em outra cultura

O julgamento de uma cultura
Um grande erro cometido por estudantes de intercâmbio durante o programa é a comparação de sua vida e seus costumes no Brasil com a vida e costumes no país estrangeiro.
Um grande erro cometido por estudantes de intercâmbio durante o programa é a comparação de sua vida e seus costumes no Brasil com a vida e costumes no país estrangeiro. ​ Muitas vezes os alunos consideram a sua cultura "melhor" do que a do país onde está. Bem, nós da CIA sabemos por experiência que achar que uma cultura é "inferior" à sua, menosprezando as tradições, hábitos da população não é algo que deva ser feito e muito menos uma postura indicada para adolescentes que desejam participar de um programa de intercâmbio.
Quando falamos de cultura, nos referimos a aspectos da vida do povo de determinada região: os costumes, os hábitos alimentares e comportamentais, os programas sociais (como eles se divertem, etc.), até mesmo a música que faz sucesso, as roupas que estão na moda, etc.
Alunos de intercâmbio devem ser pessoas maduras o suficiente para aprender a conviver com as diferenças e procurar compreendê-las e respeitá-las. Dessa forma temos certeza que você terá mais facilidade para fazer amigos e se adaptar.

A primeira impressão
A sua chegada é muito esperada por todos os membros de sua família hospedeira. Sabemos que você vai chegar cansado da viagem e deverá ter vontade de descansar. Aconselhamos que nossos alunos, ao chegar na sua nova casa, passem um tempo com a sua nova família antes de irem para o quarto descansar.
Se mostre o mais comunicativo possível. Lembre-se que haverão diferenças as quais você vai se adaptar com o tempo.

Suas expectativas
É normal que você crie uma imagem em sua cabeça de como você imagina sua família hospedeira, sua escola, seus novos amigos, sua nova cidade, etc. Após o contato inicial por telefone e e-mail você já conhece um pouco da vida de sua família hospedeira. Sabemos que, as suas expectativas são muitas. O que a CIA espera de você é que entenda que o intercâmbio é uma experiência muito rica culturalmente e que cada pessoa têm reações diferentes para essas diferenças, e que essas diferenças serão parte de um aprendizado longo. Aos poucos você vai se acostumar com o cotidiano local e como as coisas acontecem. Estamos aqui pro que precisar!

Não estou entendendo nada!
É muito comum, nas primeiras duas semanas do programa que o aluno de intercâmbio tenha dificuldade de entender o que é falado e se sinta muito cansado no final de cada dia. Isso é considerado normal. Pedimos a nossos alunos que sejam ainda mais extrovertidos e comunicativos. Somente assim vocês poderão vencer as barreiras do idioma e se tornar melhores a cada dia.
Lembre-se que, quando não entender alguma coisa, não é pra ter vergonha: Pergunte! É melhor perguntar e ter certeza do que fazer alguma coisa errada. Nunca faça nada sem ter 100% de certeza que você entendeu o que foi pedido pra você. Observe sempre como os outros se interagem e como se comportam.

Você, Representante de seu país!
Todas as pessoas têm uma opinião formada sobre pessoas de outro país. No exterior, de maneira geral pouco se conhece sobre o Brasil e nossas diversidades.
Você já pensou na responsabilidade que você tem como intercambista? Muitas vezes, a única referência de sua família hospedeira e do povo de sua região com o Brasil é você!
Não se desespere! Siga nossas instruções e temos certeza que vai dar tudo certo! Sua postura e comportamento na escola devem ser adequados.
Tente ensinar um pouco de sua cultura para os americanos. Uma boa sugestão é ter sempre em mãos material sobre o Brasil e sobre sua região. Fotos de cidade importantes do Brasil e de sua cidade, fotografias de amigos e familiares, revistas especializadas em turismo, culinária também são ótimas para serem levadas.
Mapas e panfletos você pode conseguir na secretária de turismo de seu estado/cidade. CDs de música, receitas típicas (aprenda a cozinhar alguma coisa e leve a receita. Imagine a sua família hospedeira comendo um prato típico do Brasil!​​
Não se esqueça da bandeira do BRASIL!​

A adaptação à nova cultura
Fazer parte de um programa de intercâmbio vai ampliar seus conhecimentos sobre a cultura do país onde você vai residir além de melhorar sua capacidade de entendimento de diversas situações.

Nova vida, novas regras e deveres
Procure observar bem no começo de seu programa como as coisas funcionam em sua nova casa. Conhecer as regras da casa vai facilitar bastante a sua adaptação.
Ajude sempre que for necessário ou que for solicitado. Na maioria das vezes, sua família hospedeira não terá empregados encarregados de limpar a casa e preparar a comida.
Fazer parte da família implica em participar de tudo, inclusive das tarefas da casa. Mantenha seu quarto sempre limpo e arrumado e seus objetos pessoais bem ajeitados. Muitas vezes os intercambistas são responsáveis de lavar as próprias roupas.
É importante a comunicação entre você e sua família hospedeira, logo, fale com eles de tudo que você está pensando e de todos os seus planos.
Se quiser sair pro shopping, ir ao cinema, etc. peça a eles com antecedência. Avisar as coisas em cima da hora muitas vezes pode criar uma situação desconfortável se sua família hospedeira tiver outros planos. Crie esse hábito de sempre se comunicar com sua família sobre seus planos. Seja tolerante com as diferenças.

Choque Cultural
Alguns alunos passam pelo problema do choque cultural. Se asaudade for muito grande, o choque cultural pode levar algum tempo para passar. Muita calma e tranqüilidade.
Com o tempo você vai entendendo as diferenças e se sentir mais confiante no idioma. Procure sempre se manter ocupado com atividades na casa, escola.
Se comunique! Mesmo se você estiver sentindo que seu inglês está fraco você só vai melhorar se comunicando.
Aprenda a rir dos seus próprios erros. Com bom humor você vai superar as dificuldades com certeza e vai aprender naturalmente.

A Escola no Exterior *
* (Dica exclusiva para o Programa High School)
Na sua chegada à Escola você deve procurar o orientador ou coordenador para escolher suas disciplinas. Esse profissional vai ajudá-lo a escolher as matérias que você irá cursar durante seu programa.
Entenda que existem matérias obrigatórias e optativas. Lembre-se que seu programa é acadêmico, logo, estudar é uma grande parte do programa. Dedique-se ao máximo na escola. Lembre-se que tem que manter um nível mínimo de aproveitamento.
Se você mostrar interesse, os professores terão prazer em ajudá-lo. Na escola, é interessante que você tenha uma postura responsável.Seja pontual em seus compromissos, entregue os exercícios e trabalhos em dia, etc.
Ah, se você for pra escola de ônibus, seja extremamente pontual pois o ônibus não espera por ninguém!

O seu Boletim *
* (Dica exclusiva para o Programa High School)
Para validar seu período de estudos no exterior, é importante enviar seu boletim de notas para a Embaixada ou Consulado do Brasilresponsável antes de retornar ao seu país.
Se precisar de ajuda, entre em contato com a coordenação do Programa! Existem algumas taxas a serem pagas para esse serviço e você deve estar atento para fazer tudo direitinho. Caso você não envie essa documentação ao Consulado/Embaixada seu boletim não terá valor nenhum no Brasil!

Para um bom relacionamento lá fora
Seja educado sempre! "Obrigado" e "Por favor" devem sempre fazer parte de seu vocabulário. Você só tem a ganhar com educação. Elogiesempre que achar necessário. Não se envolva em assuntos que não lhe dizem respeito. Nunca peça dinheiro emprestado, nem empreste dinheiro em nenhuma hipótese. Use o cartão telefônico internacional para suas ligações e peça sempre que for utilizar o telefone. Ajudesempre que for solicitado. Mantenha o bom humor e o sorriso no rosto.Pergunte quando não souber. Seja extrovertido e comunicativo. Conte pra todos sobre o seu país e sua cultura!

Problemas de relacionamento
A solução da maioria dos problemas relacionado com intercâmbio depende em grande parte do aluno.
Seja franco com sua família hospedeira procurando entender as diferenças e tentando buscar uma solução. Uma conversa franca e educada muitas vezes é a chave para solucionar problemas de relacionamento.
Se os problemas persistirem, converse com o seu representante local ou coordenador da escola.
IMPORTANTE: Pedimos aos alunos que mediante uma situação problemática que entre em contato primeiro com seu representante local, ou com a Coordenação de seu Curso no exterior. Caso o problema continue, entre em contato conosco. Estamos sempre à disposição para dar orientações aos nossos alunos. Entrar em contato com seus pais naturais sobre qualquer problema é uma atitude imprudente e imatura. Além disso, a solução dos problemas depende de você, de sua família hospedeira, coordenador da escola, representante local e equipe da Escola ou Programa em que você se matriculou. Seus pais ficarão frustrados em não poder ajudar adequadamente e a intervenção deles pode ser bastante prejudicial ao seu programa.

Segurança
Mantenha seus documentos (passaporte, passagem aérea, travelers cheques, etc) em lugar seguro. Muitas vezes sua família poderá colocar esses documentos em cofres que têm dentro de casa.

Compartilhe este Post